11 outubro 2012

Mídias sociais para micro-empresas – Parte I – 3 mitos das redes sociais



Quando li os resultados de uma pesquisa realizada pela Ecommerce School fiquei negativamente surpreso: apenas 20% das micro e pequenas empresas nacionais investem nas redes sociais como forma de fazer negócios.
As mídias sociais no Brasil, representam um contingente superior a 40 milhões de pessoas e manter-se do lado de fora pode ser uma das causas pela qual muitos empreendedores não recebem clientes como gostariam.
Especialistas afirmam que a falta de conhecimento é uma das principais razões pelas quais micro-empresas acabam fazendo vista grossa e ignorando uma presença ativa no Twitter ou Facebook.
Dada a importância do tema, resolvi criar mais uma série de artigos abordando de forma didática, um rol de assuntos que todo micro-empreendedor precisa saber para iniciar sua jornada nas mídias sociais.

1) Redes sociais são só para grandes empresas #mito
Este mito se tornou comum apenas porque as grandes empresas foram as únicas que reconheceram a potencialidade das mídias sociais como forma de melhorar seus negócios.
Qualquer empresa, de qualquer tamanho, pode e deve investir em uma presença ativa nas redes sociais. As micro-empresas que optam por esta forma de promoção, tendem a usufruir da vantagem inerente ao seu tamanho: operar com baixo custo e estabelecer relacionamentos mais estreitos com seus clientes.

2) Um perfil nas redes sociais é como um site institucional #mito

Um perfil no Facebook ou Twitter é completamente diferente de um site institucional. É bem verdade que as informações básicas sobre seu trabalho estarão disponiveis nas redes sociais mas o conceito e totalmente diverso.
Uma presença nas mídias sociais exige interação e conexão constante. Você trabalhará todos os dias com conteúdo dinâmico e não com páginas estáticas.
Veremos nos próximos artigos desta série, que seus clientes não entram na sua página do Facebook, por exemplo, para saber mais sobre a sua empresa, e sim porque esperam encontrar algo relevante para as suas vidas.

3) O objetivo das redes sociais é aumentar meu lucro #mito

Algumas pessoas pensam que a finalidade de tornar-se ativo nas redes sociais é conseguir mais lucro. As coisas não funcionam bem assim.
O lucro é consequência do estabelecimento eficaz de relacionamentos, este sim é o motivo que leva uma empresa a investir nas mídias sociais.
Esperar retorno em vendas e contratações ligado à presença nas redes sociais e em pouco tempo é um erro cometido por muitos empreendedores.
Este é um trabalho duro e a longo prazo. A não ser que você seja um ator, cantor ou jogador de futebol famoso, não vai engajar milhões de fãs e seguidores em poucos dias.

Concluindo…

Poucas empresas de menor porte investem nas mídias sociais, logo, fazê-lo pode ser um diferencial e tanto para a sua empresa.
Trabalhar com as redes sociais não é algo exclusivo das grandes empresas, pelo contrário, as redes de relacionamentos são canais democráticos e você pode e deve participar também.
O trabalho será duro e a longo prazo. Para lhe auxiliar nesta caminhada, estamos lançando uma série de artigos sobre o assunto, não deixe de conferir e se preferir, pode assinar nosso serviço para assinantes e receber todas as atualizações  diretamente em seu e-mail.

.
Caso tenha interesse em investir em sua Fanpage, também trabalho com criação e personalização. POR 100,00. 
Envie e-mail para narjara.design@gmail.com, caso tenha interesse em adquirir este serviço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário